Principais Causas da Disfunção Eréctil

A disfunção eréctil é um mal que afeta parcela considerável dos homens, e a pior parte é que menos de um terço deles procura ajuda médica ou tratamento. Neste artigo você verá as principais causas de disfunção eréctil. Esperamos que essa informação lhe seja útil, e, identificado o problema, que busque a melhor forma para resolvê-lo, nunca esquecendo-se da importância de procurar um médico.

Causas Fisiológicas da Disfunção Eréctil

As causas da disfunção eréctil são dividas em dois tipos – as físicas; e as psicológicas. Cada qual com a sua importância, decidimos começar pelas físicas, pois servem de sinal de alerta para outras doenças muito mais graves.

1 Problemas Cardíacos

Disfunção eréctil é um problema exclusivamente masculino. A ereção, para acontecer, depende de um fluxo sanguíneo mais intenso na região pélvica, mais especificamente nos corpos cavernosos, esponjas que ficam dentro do pênis, absorvem o sangue e provocam a ereção. Então, doenças cardíacas, como arritmia e insuficiência cardíaca.

2 Problemas Cardiovasculares

Da mesma forma que os problemas cardíacos, os cardiovasculares, que envolvem patologias nas artérias e circulação sanguínea, como diabetes, arteriosclerose e pressão alta, influenciam negativamente a obtenção da ereção. O sangue simplesmente não consegue chegar aos corpos cavernosos.

3 Tabagismo

O tabagismo prejudica a ereção porque, ao longo do tempo, o uso contínuo de cigarro cria placas nos vasos sanguíneos, essas placas acabam por calcificar parte desses vasos, dessas artérias, o que obstrui consideravelmente o fluxo sanguíneo.

Causas Psicológicas da Disfunção Eréctil

Disfunção eréctil decorrente de causas psicológicas não é necessariamente sinal de alerta para problemas mais graves e costuma acontecer principalmente com homens mais jovens. Depois de se descartar motivos fisiológicos para este problema sexual, é importante tratar a mente e resolver os seguintes problemas:

1 Ansiedade

O medo de falhar ou de ter algum episódio de ejaculação prematura faz com que o corpo do homem entre em estágio de alerta. Nessa condição, a respiração saí um pouco de controle, o batimento cardíaco se acelera, e tanto a disfunção eréctil quanto a ejaculação prematura acabam ocorrendo.

2 Depressão

A depressão é uma das maiores causas de disfunção eréctil porque afeta os neurotransmissores de nosso cérebro. Normalmente, ao receber estímulos sensoriais (pelo olfato, audição, tato etc), nossos neurotransmissores os transformam em estímulos sexuais e iniciam o processo de ereção. Quando se está deprimido, os neurotransmissores não fazem seu trabalho direito, e tal processo nem se inicia.

Tratamentos Para Disfunção Eréctil

Mas nada está perdido – a maioria desses problemas pode ser fácil e definitivamente solucionado ao se tratar a causa dele (doenças cardiovasculares, tabagismos). Enquanto se cuidas dessas patologias, há medicamentos que lhe dão solução imediata aos efeitos da disfunção eréctil. Eis aqui alguns deles:

Viagra

Este é um medicamento tão popular que dispensa apresentações. Basta uma dose de viagra poucos minutos antes do ato sexual para estar coberto por mais de 4 horas. Depois de tomado o medicamento, é só se expor a estímulos sexuais, que a ereção virá com muito mais facilidade.

Cialis

Cialis é uma alternativa tão segura e eficaz quanto o viagra. A vantagem de Cialis é que, vendido em doses muito pequenas, como 2,5mg, pode ser tomado todos os dias, e seu efeito é contínuo. Isso não significa que você ficará 100% do tempo com ereção, isso quer dizer que, toda vez que você quiser e houver estímulo sexual, atingirá facilmente a ereção.

Essa é a solução perfeita para aqueles que, sabendo que terão relações sexuais num dia específico, mas não sabe que hora. Diferente do Viagra, que precisa ser tomado pouco antes da relação sexual (20-30 minutos), Cialis oferece uma solução mais espontânea para a disfunção eréctil.

Conclusão

Há muitas soluções, tanto para aqueles que sofrem fisicamente com disfunção eréctil quanto para os que sofrem psicologicamente. Sempre é importante ouvir a opinião de um médico, ainda que, no caso psicológico, ansiedade e nervosismo, em níveis normais, podem ser curados com uma mudança de estilo de vida e mentalidade.

Para saber mais do assunto, vale a pena dar uma olhada nos artigos relacionados:

Como Funciona uma Ereção;

As 4 Melhores Posições para Homens com Disfunção Eréctil;

Tabagismo, uma das Principais Causas de Disfunção Eréctil

Leave a Reply