Qual o Melhor: Viagra, Cialis ou Levitra?

Esses medicamentos, com suas respectivas versões genéricas – Sildenafil, Tadalafil e Vardenafil –,  fazem parte da mesma família de medicamentos e servem para tratar disfunções sexuais, principalmente a disfunção erétil. Hoje veremos as maiores diferenças entre eles e lhe ajudaremos a decidir qual deles mais se adequa à sua necessidade.

Benefícios

Viagra

Sem dúvida o mais popular desses medicamentos, e o primeiro a ser inventado. Com o equivalente genérico Sildenafil, esta pílula azul tem, em relação aos demais, os seguintes benefícios:

Uso Preciso – Só se Consome Poucos Minutos Antes do Ato Sexual

Basta uma pílula 30-60 minutos antes do ato sexual para que sua eficácia se manifeste. Depois disso, o remédio continua atuando no corpo por  mais 5-6 horas (com o maior efeito sendo sentida cerca de 1-2 horas após a ingestão).

Melhor a Performance  – Ele Ajuda a Prevenir a Ejaculação Precoce

Alguns estudos e relatos demonstraram que o Viagra reduz a frequência em que ocorrem a ejaculação precoce.

Cialis

Este medicamento, cuja versão genérica se chama Tadalafil, apesar de ser menos conhecido que o Viagra e de ter sido lançado anos depois, revolucionou o mercado por conta da seguinte característica:

Efeito Contínuo – Seus Benefícios Nunca Vão Embora

Diferente do Viagra, o Cialis se toma uma vez por dia, independente se haverá ou não ato sexual, o seu efeito dura seis vezes mais (36 horas após a ingestão), e a ereção só ocorre após estímulos sexuais. Então, não há motivo para se preocupar, pois você não terá uma ereção 24 horas por dia!

Levitra

Levitra, o irmão caçula dos três, com o genérico sendo Vardenafil, tem como principais diferenciais:

Pode Ser Ingerido com Comida – Isto é, a comida não influência tanto na absorção.

Com o Viagra e o Cialis, a ingestão de comida atrasa bastante a produção de efeitos (quando se come junto ou pouco antes de tomar o remédio algo gorduroso), o que não é tão intenso com Levitra.

Efeitos Colaterais mais Brandos – Há ainda menos chances deste medicamento causar efeitos colaterais severos

Justamente por ter sido desenvolvido mais recentemente, o Levitra possui uma incidência menor quando o assunto é frequência de efeitos colaterais.

Efeitos Colaterais

Justamente por fazerem parte da mesma família de medicamentos e funcionarem de forma parecida, todos esses medicamentos possuem efeitos colaterais parecidos ou idênticos:

os mais comuns são dores de cabeça e problemas de digestão; depois, os medianos e mais raros, são a tontura, rosto vermelho e quente, palpitações e dores no peito; e, por fim, os mais graves e muito mais raros de aparecer, alterações ou perdas temporárias da visão e da audição e complicações cardiovasculares, como infarto e derrame.

Conclusão

O melhor medicamento depende da sua necessidade e da resposta que seu corpo dá a ele. Se é preciso algo mais frequente como o Cialis em vez de uma droga de uso único como o Viagra, ou se o Levitra não te causa efeitos colaterais enquanto o Viagra ou Cialis sim, tudo depende de vários fatores. O mais importante é ir ao médico e consultar se deve ou não usar esses medicamentos e qual deles é o mais adequado.

Atenção!

Nenhum desses medicamentos pode ser consumido com bebidas alcóolicas ou toranja, o risco de baixar a pressão arterial a níveis extremos existe ao se combinar essas substâncias. Também se faz necessário consultar o médico para saber se certas drogas de uso contínuo (para tratamento de doenças crônicas) podem ou não serem consumidas concomitantemente com Viagra, Cialis, Levitra ou suas versões genéricas.

Leave a Reply