Viagra Orgânico Funciona?

Vinte anos desde que a primeira versão do viagra foi disponibilizada para
o público. Se pararmos para pensar, não foi há tanto tempo assim. Então, o que faziam antes disso para tratar problemas de disfunção eréctil? Bem, a resposta é soluções orgânicas, praticamente todas em ervas, as quais veremos ao longo deste artigo. Aliás, também vale a pena conferir nosso artigo que compara os remédios sintéticos para tratamento de disfunção Eréctil – Qual o Melhor: Viagra, Cialis ou Levitra?

Horny Goat Weed

Um dia um pastor de ovelhas descobriu que seus bodes ficavam mais agitados, com mais vontade de fazer sexo, depois que comiam esta erva em especial. Ela, além de diminuir a pressão do sangue, contém doses quase ínfimas do que seria um equivalente ao Viagra, ou seja, o efeito pode ser quase o mesmo, e com uma dose menor que a do medicamento comum. Aliás, por conta da descoberta da erva, a história do pastor, muitos a chamam de “erva do bode tarado” ou “erva do bode no cio”.

Ginseng Vermelho Coreano

Existem documentos históricos mostrando o uso deste medicamento desde 196 AD. O ginseng vermelho coreano é encontrado na natureza em diversos tipos e tamanhos, e vem sendo utilizado no tratamento de inúmeras doenças desde então, inclusive aquelas relacionadas à disfunção eréctil.

Maca Peruana

Esta raiz cresce no topo das montanhas do Peru, a mais de 4000 metros de altura, e ela intensifica sobremaneira a quantidade de hormônios em cada sexo. No caso dos homens, esse potencial de testosterona extra faz toda a diferença na hora do ato sexual, tanto para a obtenção da ereção quanto para a qualidade e duração dela.

Arginina

Este é um suplemento alimentar muitas vezes associado com o combate à disfunção eréctil, porque justamente aumenta a energia do corpo e o fluxo sanguíneo nas artérias. Como vimos, por exemplo, em “como funciona uma ereção”, a ereção ocorre após estímulos sensoriais (visão, olfato, tato…) serem enviados para o cérebro e interpretados como estímulos sexuais, o que o faz dilatar as artérias do pênis, e, fluindo mais sangue, gera a ereção. Em outras palavras, qualquer coisa que melhore a circulação sanguínea também ajuda a no mínimo mitigar a disfunção eréctil.

Conclusão

Cuidar da própria saúde deve ser prioridade máxima de qualquer um de nós, por isso é muito importante, sempre que possível, olhar todas as alternativas para os produtos que consumimos no nosso dia a dia e os hábitos, nosso modo de vida, para que assim possamos tomar, na maior parte das vezes, o caminho mais correto.

Obrigado a todos por terem lido até aqui, e espero que as informações contidas neste artigo sejam-lhes muito úteis e que lhes auxiliem na escolha desse caminho correto, que os trará maior longevidade e qualidade de vida.

Leave a Reply